HomeBlogEFICAZ EM AÇÃO ▸ Série Profissões: 5 dicas incríveis para escolher qual graduação fazer
Login na Biblioteca Virtual

Série Profissões: 5 dicas incríveis para escolher qual graduação fazer

07/03/2018 | Categoria: EFICAZ EM AÇÃO
Qual graduação fazer? Você provavelmente já se fez essa pergunta. No entanto, se você está em dúvida, saiba que não está sozinho! Afinal, esta é uma escolha importante que irá influenciar o seu futuro e, portanto, deve ser feita com cautela.
 
Não se engane: esse tipo de indagação não é uma exclusividade de quem está terminando o ensino médio. Até mesmo pessoas que já possuem uma graduação e desejam mudar suas carreiras podem ter dificuldades na hora de escolher um novo curso.
 

Dados no Brasil

 
No Brasil, o Censo da Educação Superior, realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mostrou que,  em 2016, existiam 34.366 cursos de graduação reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Esses cursos são ofertados em 2.407 instituições e reuniram um total de mais de 8 milhões de estudantes matriculados. 
 
Esses são números que tendem a crescer ainda mais. Aliás, em 2017, dados do MEC apontaram o reconhecimento de mais 381 novos cursos superiores em 15 estados e Distrito Federal. 
 

Como saber qual graduação fazer?

 
Em meio a tantas opções, escolher qual graduação fazer pode se tornar um dilema. Perguntas sobre o que esperar, quais as características de cada profissão, média salarial e tempo para formação podem indicar um caminho em busca do curso ideal para você.
 
Mas, por onde começar? Neste post vamos te dar cinco dicas que podem te ajudar nesse processo. Confira! 
 

1 - Conheça a si mesmo

 
Parece frase feita de biscoito da sorte, mas não é! Para escolher a primeira, a segunda ou até mesmo a terceira graduação é importante que você se conheça. Vamos explicar.
 
Entenda seus limites e compreenda as diferenças entre querer e ser. Algumas pessoas escolhem o curso de graduação baseados em opiniões de amigos e familiares, e depois acabam se decepcionando. 
 
Se você não pode ver sangue que já começa a tremer, fica claro que os cursos relacionados às área biológicas não serão as melhores opções. Gosta de números? Então que tal se aventurar na área de exatas? Esses são exemplos que podem ajudá-lo a traçar os primeiros esboços sobre o curso ideal para você.
 
Faça uma reflexão, anote suas preferências e veja a área que melhor se encaixa ao seu perfil. 
 

2 - Biológicas, humanas ou exatas? 

 
Definida a área que melhor o representa, está na hora de afunilar suas opções. Cada área oferece várias opções de cursos voltados às mais diversas atividades. Pesquise e busque saber quais as alternativas disponíveis e o que exatamente cada uma abrange. 
 
Biológicas: compreende áreas como a medicina; genética; zoologia; biologia molecular; fisioterapia; fisiologia; educação física; histologia; farmácia; entre outras.
 
Humanas: abrange a filosofia, sociologia, ciências políticas, antropologia, história, linguística, pedagogia, economia, administração, direito, geografia humana, dentre outras mais.
 
Exatas: engloba um conjunto de várias áreas do conhecimento, como a matemática, computação, estatística, física, química, engenharia, aeronáutica, assim como também partes da biologia, psicologia e economia.
 
 

3 - Entenda a profissão e o mercado

 
Agora que você já sabe qual área e o curso (ou cursos) lhe interessam, está na hora de entender a profissão e o mercado. 
 
Pesquise! Vá em busca de informações sobre a carreira, o mercado de trabalho e os salários oferecidos. Verifique também se essa é uma profissão que apresenta boas oportunidades de crescimento a longo prazo. 
 
Uma dica bacana é procurar conversar com pessoas que já estejam atuando na área, para poder entender melhor o dia a dia da profissão.
 

4 - Prós e Contras

 
Depois de tudo isso, é normal que você tenha acumulado um bocado de informações. Experimente colocar tudo no papel, pode parecer simples, mas, essa é uma ação que irá te ajudar a responder algumas questões que você até então não havia levado em consideração.
 
Analise atentamente os prós e contras de cada curso e profissão relacionada. Converse com sua família também, eles poderão levantar mais algumas questões para que você reflita. 
 

5 - Onde estudar?

 
Já decidiu qual graduação fazer? Agora é hora de escolher onde fazer o seu curso.  Verifique quais as instituições oferecem o curso almejado e informe-se sobre a estrutura da faculdade e do curso. 
 
Você já tem uma boa noção da carreira que deseja seguir, então, examine a grade curricular oferecida e veja se ela está de acordo com suas pretensões. E lembre-se de se certificar que a instituição é reconhecida pelo MEC.
 
Gostou dessas dicas? Aqui no blog temos um post sobre o que levar em conta na hora de pesquisar faculdades, que poderá te ajudar na hora de escolher a faculdade certa.
 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

RECOMENDAMOS TAMBÉM

Como concluir o ensino médio rápido
07/02/2018
O que levar em conta na hora de pesquisar faculdades em Maringá
24/01/2018

Cadastre-se em nossa newsletter

◄ Cadastro efetuado com sucesso!

TOP 5 POSTS

3 maneiras de concluir o Ensino Médio
05/09/2017
Metodologia Ativa ou Passiva: qual traz mais benefícios?
13/03/2017
Gestão Financeira ou Gestão de RH: qual escolher?
18/09/2017
Ensino Médio: saiba quais as oportunidades que ele oferece
17/03/2017
Produtos de alto valor agregado
03/05/2017

Redes sociais

Contato

Unidade Maringá

44 4007-1912
Av. João Paulino Vieira Filho, 729

Unidade Umuarama

44 3626-2480
Praça Arthur Thomas, 4139.

Vamos Conversar

Todos os direitos reservados